ENTREVISTA "LEONARDO CAPORALI"

O segundo entrevistado da nossa nova coluna semanal “Estrelas do Sierra”, é Leonardo Caporali, jogador regular de Cash Game nos feltros do Sierra Poker, com seus 53 anos de idade, e 6 anos de experiência no Poker.




Por que você joga poker?


Funciona para mim como uma terapia mental para aliviar o stress do dia a dia além de ser uma excelente forma de divertimento e socialização.


Qual é a sua melhor lembrança do poker?


Eu estava em uma mesa de Texas Hold’em em um cassino do Panamá e acertei o Jackpot em uma mão que eu tinha um straight flush e eles pagavam 5 mil dólares de prêmio para quem acertasse.


Conte uma mão inesquecível que você tenha jogado


Fui eliminado em um torneio online em que eu era o vice chip leader no décimo blind para o chip leader que estava na mesma mesa que eu. Eu tinha par de 10 e o outro AA. Flop bateu par de 10 e A. Chip leader deu Allin e paguei com a quadra de 10. Ele acertou a quadra de As no river e me eliminou.


Porque você joga no Sierra?


Gosto muito do ambiente e dos funcionários e sempre fui muito bem tratado por todos.


Com que frequência você joga no Sierra?


Jogo com frequência, mas não todos os dias. Em média 3x por semana.


Você se considera um atleta de que tipo?


Agressivo. Gosto de ver flop. Por isso prefiro o Omaha que é um jogo predominantemente pós-flop


Quais as principais características do seu jogo?


Tenho um Vpip alto em Omaha. Gosto do jogo pós flop e jogar posição de forma estratégica.


Qual a sua mão preferida?


AA no texas e AAKK double suited no Omaha.


O que você acha que é necessário para jogar poker regularmente?


Um bankroll responsável e muita disciplina.


Qual dica você daria para quem está começando agora no jogo?


Quando a fase não está boa é melhor dar um tempo, pois a tendência é perder cada vez mais na ânsia de recuperar. Desta forma preserva-se o patrimônio. Jogo têm todos os dias.

Qual seu melhor resultado no poker?


Fiquei em primeiro lugar da primeira etapa do circuito master do Sierra em 2019.


Qual sua maior referência no poker?


Meu irmão Fábio Caporali. Foi quem me ensinou e aplicou no Texas Hold’em a 6 anos atrás.


Gustavo Fernandes

Jornalista


145 visualizações0 comentário