Estrelas do Sierra com Daniel Noronha

Em uma conversa exclusiva, o jogador Daniel Noronha fala sobre seus resultados nos últimos tempos, e nos conta como tem sido sua vida no poker.


Confira a entrevista completa abaixo:

Como foi seu começo no poker?

R: Sempre gostei muito de jogos, seja eles de cartas, tabuleiro etc. Acredito que comecei como a grande maioria, na casa de amigos, vizinhos, por diversão.

Você tem algum preparativo para grindar?

R: Tento me manter tranquilo, com a cabeça leve, não adianta começar a jogar se não for possível entregar seu melhor.

Conte uma mão inesquecível que você tenha jogado

R: Aconteceu em um torneio 10K, não me recordo qual, mas estávamos na mesa final e a ação acabou em um allin triplo pré flop, em que eu tinha AKs em paus, um dos vilões tinha QQ, flop trouxe QQ7 com Q de paus, turn um J de paus e river T de paus, ganhei a mão com royal, foi bem marcante, já faz bastante tempo isso, acredito ter sido primeiro royal que fiz jogando de verdade.

Qual sua maior lembrança no poker? R: Sem dúvidas, foi a primeira vez que joguei um torneio live, foi em uma outra casa de BH e era um 2K gtd, eu nunca tinha nem entrado em uma casa, e jogava apenas por diversão com amigos, cheguei no HU do torneio e fizemos um deal.

Qual campeonato você sonha em cravar ?

R: WSOP e BSOP.

Você se considera um atleta de que tipo?

R: Me considero um atleta agressivo e bastante atento na mesa, o que me faz ter uma boa leitura dos vilões.

Quais as principais características do seu jogo?

R: Agressividade, ser bastante observador e ter paciência para jogar em situações de short stack.

Porque você joga no Sierra?

R: Sem dúvida alguma pela estrutura da casa e pela forma com que sou tratado pelos profissionais e colaboradores.

Qual a sua mão preferida?

R: AA é a melhor, mas gosto bastante do temido JJ.

O que você acha que é necessário para jogar poker regularmente?

R: Bankroll e dedicação nos estudos principalmente.

Qual dica você daria para quem está começando agora no jogo?

R: A pessoa deve estar ciente de que o Poker é um esporte em que sempre devemos estar em evolução, buscando aperfeiçoar o nosso jogo. Não pode se acomodar e achar que sabe tudo. Além disso, é sempre importante estar jogando dentro dos limites que seu bankroll permite, pois a variância chega para todos. Qual seu melhor resultado no poker live?

R: Não digo nem pela questão financeira, de prêmio, mas pela grandeza do torneio, chegar em 5° no ME do campeonato mineiro é bastante gratificante. Esse ano vem coisa melhor por aí.

Qual sua maior referência no poker?

R: Admiro muito o Akkari por tudo que ele fez para o Poker estar no patamar em que está hoje. Phil Ivey, Joao Simão e Yuri pela qualidade e estilo do jogo de cada um deles


88 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo